Casal adota bebê com necessidades especiais após perder o filho

Katie e Josh Butler ficaram muito felizes quando descobriram que estavam esperando um bebê, mas com 20 semanas de gravidez descobriram que o filho tinha uma doença genética: translocação dos cromossomos 6 e 10.

A gestação seguiu normalmente e com 39 semanas o bebê nasceu. A criança teve que passar diversas cirurgias. “Eu acreditava que meu filho iria ficar bem”, disse a mãe em entrevista ao PopSugar. Mas, infelizmente o bebê não resistiu.

Dois meses após a perda, Katie recebeu uma mensagem de uma enfermeira da NICU. “Ela me disse que havia uma criança na UTI que precisava de uma família”. O casal entrou em contato com a assistente social e souberam que era um bebê prematuro com sérias dificuldades para respirar. “Decidimos adotar“.

E deu tudo certo! Apesar da criança ter atrasos no desenvolvimento e problemas graves de respiração, a família está bem. “Braxel está cheio de alegria. Nós acreditamos que ele sabe todos os dias que é nosso presente”.

Fonte: http://paisefilhos.uol.com.br/

Vera Garcia

Pedagoga e blogueira. Criadora dos blogs Deficiente Ciente, Raridade e Criança Especial.

Website: http://www.criancaespecial.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *